É desse mecanismo que surgem as patologias comumente apresentadas por corredores, tais como o joelho do corredor (dor no compartimento lateral do joelho ocasionada pela fricção do trato íleo-tibial nas estruturas ósseas do joelho); e a síndrome do estresse medial da tíbia ou a canelite (ocasionada pela tração constante da musculatura que se insere na região do ponto doloroso).

Corrida e RPG

AOS ATLETAS DE CORRIDA OU ÀQUELES QUE ADERIRAM A CORRIDA COMO ESTILO DE VIDA

 

                  A corrida pode ser considerada uma atividade de alto impacto, ao passo que as cargas impostas ao corpo compreendem até 8 vezes o peso corporal. Atualmente as grandes empresas de tênis investem cada vez mais em tecnologias no desenvolvimento dos seus produtos, os quais são adorados por aqueles que praticam a corrida.

 

                 Um bom tênis é sim fundamental. Mas, igualmente importante é saber que o nosso corpo também apresenta mecanismos para a diminuição dos impactos impostos. As nossas articulações funcionam como verdadeiros amortecedores para as cargas, e para tal elas precisam estar livres para o movimento.

 

                 O que acontece, é que com a atividade repetitiva de musculaturas específicas, tais musculaturas vão encurtando, tornando-se rígidas. Essa rigidez muscular atua impondo cargas frequentes em um mesmo ponto do osso inúmeras vezes, assim como também , tracionando os ossos e comprimindo as articulações. Os movimentos tornam-se então limitados e os atritos entre as estruturas surgem, porque o espaço articular diminuiu.

                  É interessante saber que a cada passada, durante a aterrisagem do pé no solo, as articulações geram angulações onde algumas musculaturas, principalmente dos pés e das pernas são exigidas em estiramento, e se elas não estão flexíveis, elas não irão “esticar-se” amortecendo essa carga e transmitirão todo o impacto comprometendo seus tendões, inserções ósseas e articulações. Pode-se citar o exemplo da fáscia plantar, importante estrutura responsável pelo amortecimento do impacto, a qual no momento da aterrisagem do pé no solo, funciona como um elástico, diminuindo o arco plantar para depois liberar essa energia no desprendimento do pé. Quando esta fáscia, está rígida, sem flexibilização, ela não pode atuar tal qual um elástico e transmite todo o impacto na sua inserção óssea produzindo uma inflamação, a chamada fascite plantar, não rara entre os atletas de corrida.

 

 

                 Músculos rígidos e encurtados comprometem a capacidade do corpo em absorver os impactos, ocasionando lesões. O segredo é manter a musculatura flexibilizada.

 

E qual seria uma boa opção para manter essa flexibilização?

 

                 Existe uma especialização da fisioterapia chamada de Reeducação Postural Global, a RPG. Esse método aborda o paciente como um todo, e tem como base a flexibilização muscular, a descompressão articular e o reposicionamento das estruturas para o seu funcionamento ótimo. O trabalho com a RPG previne lesões e patologias comumente associadas à corrida, pois torna tendões, músculos e articulações mais aptos a absorver impactos, sem que os mesmos gerem tanta sobrecarga e atrito sobre as estruturas. Para os que já apresentam alguma lesão ou patologia, a RPG também é responsável pelo tratamento, proporcionando ótimos resultados em um espaço de tempo relativamente curto.

 

                  A RPG ajuda a aumentar o seu rendimento.                                                                           Fonte: Beatriz Elisa - Fisioterapeuta RPGista Souchard

                                                                                                                                                                                                               CIF - Centro Integrado de Fisioterapia 

 

Veja também: 

Tênis especial que corrige pisada não é garantia de proteção contra lesões

 

Instalações
RPG Fortaleza RPG Souchard Fortaleza
RPG Fortaleza
RPG Fortaleza
Nosso endereço

CIF - CENTRO INTEGRADO DE FISIOTERAPIA

Rua João Carvalho, 300, Sl 06- Aldeota - Fortaleza - CE
cifceara@gmail.com

 (85) 3045-4535

     9 9611-1940

 

Encontre-nos
  • facebook
  • 1668fefe9eca1566d239f5101c2af490.png_srz_p_23_23_7.png
  • tbird